AS MARCAS DO SOL POR VIVIAN MOTTA

Vem chegando o verão…e com ele o sol, que brilha lindamente ainda mais nessa época do ano, nos convidando ao bronzeado. Mas a pressa em se bronzear, sem a proteção adequada, pode deixar a pele marcada, com manchas escuras ou esbranquiçadas e até mesmo vítima do envelhecimento precoce.

Chamamos de envelhecimento extrínseco aquele que é causado por fatores externos que aceleram o processo de envelhecimento natural de nossa pele, sendo que a vilã maior é a exposição solar.

Sem a proteção adequada bastam alguns minutos de exposição solar diária durante anos para que mudanças sejam percebidas na pele, sendo essas alterações na sua textura e surgimento de rugas finas, é o fotoenvelhecimento, ou seja, o envelhecimento causado pelos raios de sol, cujo grau depende da tonalidade da pele e da quantidade de exposição ao longo da vida.

Pessoas de pele clara desenvolvem mais sinais de fotoenvelhecimento que as de pele escura. Com a superexposição solar, a pele vai perdendo sua capacidade de se reparar e o dano se acumula. O colágeno se rompe e a síntese do novo é prejudicada. O sol também ataca a elastina, que se degenera com maior velocidade, muito mais cedo do que em uma pele protegida dos raios solares.

Em se tratando das manchas, a melanina, o pigmento que dá cor à pele, é ativada ao tomarmos sol. A exposição excessiva ou inadequada à radiação solar provoca alterações no funcionamento das células produtoras da mesma e causa mudanças significativas na pele, ou seja, o surgimento das temíveis marquinhas.

Agora,o que fazer para prevenir, tratar ou amenizar todos esses males que citamos? Vou dar algumas dicas de tratamentos indolores, não invasivos e que não há necessidade de se afastar das atividades diárias, além de hábitos infalíveis que vão deixar sua pele novinha em folha, sendo no verão ou em qualquer época do ano.

– Peeling de cristal: uma esfoliação progressiva e controlada da pele, através de um aparelho com um sistema a vácuo que promove a pulverização de cristais sobre a área a ser tratada. O resultado acontece pela regeneração, ou seja, uma nova camada de pele é criada no lugar daquela que foi esfoliada, com diminuição suave das rugas, das manchas e uma incrível melhora da textura da pele.
– Luzes de LED: esse aparelho emite 3 tipos de luzes azuis – excelente para o tratamento de acne, já que tem função bactericida; vermelhas: atuam como ativadora dos fibroblastos e estimulam o colágeno, portanto indicada ara rejuvenescimento facial; infravermelhas: é cicatrizante e possui ação anti-inflamatória. Um tratamento completo que dá aquele UP no visual em apenas alguns minutos.
– Radiofrequencia tripolar: aparelho mais avançado e moderno para tratar flacidez cutânea! Possui três eletrodos, agindo assim numa profundidade maior, aquece a temperatura do local a ser tratado a 40 graus C, estimulando assim a formação do novo colágeno, recuperando a firmeza e o brilho da pele. Todos esses tratamentos faciais de verão, combinados ou não servem para devolver à pele sua vitalidade, maciez e tonicidade de antes, especialmente para as peles desidratadas pelo sol, renovando a cútis, promovendo uma hidratação profunda, formação do novo colágeno.

Não podemos parar ou diminuir o ritmo do envelhecimento natural, mas podemos sim prevenir sinais do prematuro, protegendo a pele do sol e investindo em tecnologia que darão a sua pele frescor e a firmeza tão desejada. É essencial ainda, que você siga algumas recomendações em casa, o que auxiliará no sucesso do tratamento. Sua pele agradece:

-Evite o sol entre 10h e 16h, quando a radiação solar é mais forte. Se precisar se expor, use chapéu óculos de sol e muito protetor solar.
-Aplique protetor solar durante o ano todo, que proteja tanto de UVB como de UVA com fator de proteção solar (FPS) de 30 ou mais, que deve ser aplicado 20 minutos antes da exposição e reaplicado a cada mergulho ou suor.
-Se você trabalha sob luz fluorescente, ou precisa sair ao sol mesmo que por poucas horas, deve passá-lo a cada duas horas.

E não se esqueça: tudo pode retornar se você voltar a se expor ao sol! Faça uma avaliação com um especialista, que na Stética é gratuita, e cuide do maior órgão do corpo humano!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *