CONHEÇA OS TRATAMENTOS ESTÉTICOS QUE COMBATEM A CELULITE POR VIVIAN MOTTA

Hoje vou falar um pouco sobre um mal que aflige as mulheres que são aqueles malditos furinhos que nos perseguem, chamados de CELULITE. Você conhece? Ah, aposto que sim!
A celulite é, na linguagem popular, o aspecto da pele semelhante a uma “casca de laranja”. A pele fica ondulada, resultado de alterações no tecido gorduroso. Também chamada de Lipodistrofia Ginóide, esse excesso de gordura comprime os vasos sanguíneos, dificultando a entrada de oxigênio, nutrientes nas células e a liberação de toxinas, o que provoca uma reação inflamatória no organismo, recrutando assim fibras de colágeno que se endurecem, formando travas que “prendem” a gordura, daí o famoso furinho. Este problema afeta a maioria das mulheres e não é exclusivo de pessoas com excesso de peso. Investigações recentes mostram que pode haver uma predisposição familiar para a celulite, relacionada com os níveis de estrogênio, um hormônio feminino.
Por Que A Celulite Aparece Mais Nas Mulheres?
As estruturas das fibras do tecido adiposo são diferentes entre homens e mulheres. Nos homens as fibras são mais grossas e ligam-se de forma oblíqua à musculatura. Quando ocorre a expansão do tecido adiposo, essas fibras “seguram” as células. Já nas mulheres, essa estrutura é fina, e a ligação é feita perpendicularmente à musculatura, portanto, as fibras não apresentam resistência e o tecido adiposo expande-se livremente. Arrasador, né?!
Porém, para tratá-la corretamente é necessário que se avalie o grau em que ela se encaixa, o qual é subdividido da seguinte forma:
Grau 1:a depressão aparece quando o local é comprimido;
Grau 2:apresenta o aspecto de “casca de laranja”;
Grau 3:existe dor no local quando é comprimido;
Grau 4:o tecido fica duro, a dor é constante e existe fibrose
E agora, tem solução? Sim! Existem inúmeros tratamentos para eliminá-las, mas vou falar aqui de dois. São eles:
1) RADIOFREQUENCIA TRIPOLAR: é um ultrassom que possui um sistema de aquecimento seletivo que atua na epiderme e nas camadas mais profundas da pele (derme, hipoderme). Promove o aumento da temperatura nas células adiposas (aproximadamente 40 graus) gerando sua combustão, bem como a regeneração celular, a estimulação de novas fibras de colágeno e fibroblastos, portanto trata a celulite e a flacidez de pele com eficácia! É chamada de radiofrequência Tripolar, porque usa 3 pólos para a obtenção de resultados profundos em tempo reduzido e de uma forma mais segura.
2) CARBOXITERAPIA: é um tratamento que gera a expansão do gás carbônico e vasodilatação local, que juntos aceleram o fluxo sanguíneo, elevam a oferta de oxigênio e a renovação celular, sendo assim aumentam a produção de fibras de colágeno e o metabolismo local, reduzindo o edema e ativando a lipólise (quebra de células de gordura). Ou seja, trata muito bem a celulite, a gordura local e a flacidez de pele.
É claro que esses são apenas dois tratamentos dentre outros, como a indermologia a laser, o manthus, o cellutec, enfim, tudo depende de cada caso, de cada pessoa e de cada organismo. Por isso é necessário que se faça uma avaliação estética para saber qual deles será o mais indicado pra você, quantas sessões, freqüência e tudo mais. O que posso assegurar é que estar em paz com a imagem que reflete no seu espelho não tem preço, mas tem VALOR, e esse valor é o que nos impulsiona a conquistar nossos objetivos, e um deles claro, é um bumbum bem lisinho. Faça a sua avaliação gratuita na Stética Avançada!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *