CULOTE, POR QUE EU? POR VIVIAN MOTTA

Que a gordura localizada é uma “chatice” todo o mundo concorda, não é?! O culote é a maior queixa e uma das mais difíceis de ser eliminada, afinal, alimentação e exercício físico não são suficientes. Portanto vou falar aqui um pouquinho sobre ele e os principais tratamentos estéticos que farão de você uma nova mulher!
Chamamos de culote o acúmulo de gordura no quadril ou na lateral das coxas que podem ocorrer devido aos hormônios femininos, especialmente na adolescência, período em que ocorrem as maiores mudanças hormonal, ou ainda, principalmente por características genéticas. É muito comum encontrarmos por aí mulheres bem magras, mas com aquele “culotinho” bem acentuado.
Agora, você sabia que existem alguns tipos?
– Fibroso: com consistência mais dura e com celulite avançada
– Menos fibroso: é menor, de consistência macia que acompanha as formas do corpo, com celulite leve
– Não flácido: tamanho proporcional, facilmente tratado
– Flácido: que apresenta tamanho desproporcional e a pele flácida
E quais os tratamentos?
Criolipólise: já falei desse tratamento em outro post e você já deve saber que é a febre do momento! O aparelho faz o congelamento das células de gordura e as destrói, sendo essas eliminadas naturalmente pelo organismo. Em apenas uma sessão, cerca de 25% da gordura da região tratada é eliminada! E mais, as chances de ter acúmulo novamente no mesmo local são pequenas.
Shape: um aparelho que associa luz infravermelha, radiofreqüência e vácuo, sendo que o infravermelho estimula a quebra da gordura e a radiofreqüência a produção de colágeno e elastina, tratando assim a flacidez. Já o vácuo a melhora a parte circulatória e atua como uma drenagem linfática, o que auxilia na eliminação das toxinas. É possível reduzir medidas a partir da primeira sessão! Um sucesso!
Lipocavitação: potente ultrassom que emite ondas e que induzem a formação de microbolhas dentro do tecido gorduroso e que ao se soltarem, elas perfuram a célula gordurosa efetuando a quebra da mesma, sendo esta reabsorvida gradativamente pelo organismo e eliminada pelas vias naturais. Em seguida, realizamos uma drenagem no local acelera seu processo de eliminação. Resultado: redução de 2 a 3 cm por sessão.
São dicas de tratamentos de ponta e que os resultados são realmente surpreendentes! Lembre-se, cada caso é um caso, portanto é necessário que você faça uma avaliação estética com um especialista para saber qual o tratamento indicado para você, número de sessões, protocolo a ser desenvolvido, freqüência, etc. E aqui na Stética a avaliação é gratuita, e para você, leitor (a) o desconto é MEGA especial.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *