FESTA NO PARQUE POR FERNANDA ALESSIO

Aproveitando que já falamos sobre festa infantil algumas semanas atrás, essa semana vamos falar sobre uma tendência que está muito em alta nesse meio, as festas em parques ou picnics. Planejar e preparar uma festa temática ao ar livre não é tão complicado assim. Espalhados pela cidade, parques e praças públicas têm funcionado como o cenário perfeito para comemorar o aniversário das crianças, de um jeito bem natural.

É simples e barato, permite que as crianças brinquem ao ar livre de forma criativa e saudável, sem aquela loucura de buffets. Além disso, tem o seu viés de cidadania: ocupar os espaços públicos é muito importante para preservá-los. Só quando a população frequenta os espaços ela reivindica que eles sejam acessíveis, estejam limpos e bem cuidados.

O primeiro passo é entrar em contato com a administração do local. Não há nenhum impedimento específico para a realização de uma festinha, mas parques e praças contam com regulamentos diferenciados, que podem conter restrições diversas. Em alguns lugares, por exemplo, não é permitido amarrar balões nas árvores ou deixar o som alto demais, vale conferir também se é permitido apresentações de teatro ou música como atração para os convidados.

Outro ponto importante é prestar atenção na estrutura do próprio espaço, checar se há sanitários e se programar para que alguém dê uma checada de vez em quando para ver se está tudo em ordem, o lixo também é outra responsabilidade dos anfitriões. Novamente, vale conhecer o espaço com antecedência, para se certificar de que ele é equipado com lixeiras em pontos estratégicos ou se é necessário levar por conta própria. No fim da festinha, é importante deixar o parque do mesmo jeito que foi encontrado.

Todos esses pequenos detalhes devem ser levados em conta antes de começar qualquer preparativo. Se a mãe planeja fazer um piquenique, por exemplo, precisa se certificar de que ninguém vai ficar incomodado de se sentar no chão. Se os convidados tiverem mais idade, é legal investir em uma estrutura mais formal, com cadeiras, para ninguém ficar desconfortável.
A descontração também deve guiar a escolha dos petiscos do aniversário.

Lembre-se: um piquenique ao ar livre não dispõe de espaço para que os convidados cortem alimentos, por exemplo. Então, o melhor é apostar em tudo que puder ser comido com as mãos e guardanapos, como sanduíches e fatias de bolo mais sequinhos, que não fazem sujeira. Entram nessa lista também biscoitos, frutas cortadas e outros quitutes práticos.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *