GORDURA VISCERAL X GORDURA LOCAL POR VIVIAN MOTTA

Você sabe qual tipo de gordura predomina em seu corpo? Se for a gordura subcutânea (ou localizada), boas notícias! Por ser uma gordura que fica logo abaixo da pele e é uma grande fonte energética, facilmente você conseguirá eliminá-la ou simplesmente diminuí-la com um pouco de dedicação, principalmente se aderir ao que chamo de combo: exercícios físicos, alimentação adequada e tratamentos estéticos. Já se for a gordura visceral, que envolve seus órgãos e os ?empurra? para fora, causa a distensão abdominal (a famosa barriga de ?chopp?) além de ser a mais perigosa, pois pode provocar riscos à saúde como infarto, diabetes, colesterol elevado e hipertensão arterial.

Tanto a gordura visceral quanto a localizada podem aparecer em homens ou mulheres, mas elas apresentam uma tendência maior a desenvolver a gordura localizada por causa dos hormônios femininos progesterona e estrogênio. Eles, ao contrário, possuem a testosterona o que dificulta a formação da localizada.

A forma mais segura de identificar o tipo de gordura corporal é através de exames clínicos, como a medida da circunferência abdominal (máximo 90 cm em homens e 84 cm em mulheres) e buscar ajuda médica quando for necessário tratar as doenças que podem causar o acúmulo de gordura ao redor dos órgãos.

Em ambos casos é necessário algumas mudanças no estilo de vida, mas as pessoas com gordura visceral devem ter acompanhamento médico, pois é preciso tratar as doenças relacionadas a ela através de exercícios físicos e reeducação alimentar.

Os “pneuzinhos” na barriga ou nas costas também podem estar relacionados aos maus hábitos alimentares e sedentarismo, mas sofre grande influência do biotipo da pessoa e possuem os tratamentos estéticos que proporcionam resultados incríveis como a criolipólise, Ilipo a laser e a ultracavitação, tecnologias que já descrevemos aqui em posts anteriores.

Lembre-se, agende sua avaliação gratuita aqui na Stética Avançada, saiba qual o seu tipo de gordura e qual o tratamento ideal para ela. Um corpo bonito não é só remodelado, mas sim saudável!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *