Junge Frau Figur. / young woman figure.






, Mit Nutzung unseres Bild- und Textmaterials erkennen Sie unsere AGB s an./ You accept our terms and conditions by using our pictures.

OS TEMIDOS FODMAPS POR LIBIA VIEIRA

Já ouviram falar em FODMAPs (fermentable oligosaccharides, disaccharides, monosaccharides and polyols)? Muitas vezes os sintomas do seu consumo (carboidratos de difícil digestão pra algumas pessoas causando distensão abdominal e gases) são confundidos com o glúten, e por isso mais uma vez esse é visto como um “vilão” da dieta. Eles são osmóticos, isso é, puxam água pra dentro do trato gastrointestinal, não sendo bem digeridos ou absorvidos e então fermentados por bactérias no trato quando consumidos em excesso. Com isso, os sintomas podem ser diarreia, constipação, gases, inchaço e cólicas.

Alguns FODMAPs na dieta:

  • Frutose (frutas, mel, xarope de milho de alta frutose)
  • Lactose (laticínios)
  • Frutanos (trigo, alho, cebola, inulina, etc)
  • Galactanos (leguminosas como feijão, lentilha, soja, etc.)
  • Polióis (adoçantes contendo isomaltol, manitol, sorbitol, xilitol e frutas de caroço, como abacate, damascos, cerejas, nectarinas, pêssegos e ameixas).

Pra evitar os incômodos e sintomas, uma dieta baixa em FODMAP é recomendada e, depois de seis a oito semanas, os alimentos são reintroduzidos em baixas quantidades pra analisar a reação do organismo. O tratamento com lactobacilos também  pode ajudar a melhorar esses sintomas.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *