nov2015pilates

PILATES E PERISTALTISMO POR STUDIO HEALTH

Os movimentos peristálticos, também conhecidos como peristaltismo, consistem em movimentos involuntários realizados pelos órgãos do tubo digestivo (intestinos e esôfago), para que a digestão ocorra no devido local.

Atualmente, com o tanto de modificações dos alimentos e dos hábitos alimentares na população é raro encontrar uma pessoa que não tenha problemas com o intestino. Muitas vezes o relato de incômodo é por ter um intestino que é preso demais; outras, de que seu funcionamento é absolutamente imprevisível. A maioria das queixas, porém, vem das mulheres, das quais grande número reclama de intestino preso. Em alguns casos, esse problema é físico, mas em outros decorre de fatores psicológicos e emocionais. Quando o incômodo é relacionado a ansiedade em determinadas situações, acontece devido a conexão direta entre os neurônios circulantes no tubo digestivo e no cérebro.

O intestino é um órgão dividido em duas porções: delgado e grosso. O intestino delgado é a porção primária do intestino e é responsável pela digestão e absorção de nutrientes, enquanto o intestino grosso é a segunda porção do intestino e é responsável pela absorção de água, sais e vitaminas.

É confirmado que o exercício físico proporciona movimentos no intestino grosso e mudanças hormonais, que provocam efeitos mecânicos no intestino, facilitando o peristaltismo. Além disso, a atividade física é responsável também por melhorar o tônus muscular pélvico e abdominal e também toda a parte psicológica com seus efeitos e benefícios de relaxamento, melhora da auto-estima e diminuição da ansiedade.

Portanto, a escolha do método Pilates como atividade física nos casos como os citados acima, pode contribuir também para o equilíbrio da mente e do corpo, além de ajudar no controle da ansiedade, pois os movimentos do Pilates trabalham e fortalecem principalmente a musculatura de sustentação do abdômen, lombar, assoalho pélvico e glúteos. Esses músculos são responsáveis pela melhora da postura, aliviando dores nas costas e consequentemente auxilia a saúde do orgão intestinal.

Com toda esta informação, pode-se ver mais uma vez como o método Pilates pode ser incluído como forma de tratamento e de atividade física para vários casos. Que tal experimentar essa sensação de liberdade e benefícios para seu corpo e mente? Pratique Pilates e promova uma melhor da sua qualidade de vida!

 

Jessica D. F. Tamburus

Studio Health Pilates.RPG.Fisioterapia

Instagram: @studiohealth

Facebook: Studio Health Pilates

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *