PREPARAÇÃO PARA PROVAS DE MÉDIA E LONGA DURAÇÃO POR GUTO TEIXEIRA

Ninguém acorda pela manhã e decide sair correndo 21 km ou mais certo? As provas de média e longa duração exigem muito da parte muscular e articular do nosso corpo, por isso preparação é essencial!

Então vamos às dicas:

Treinamento: o mais importante nessa etapa é o ajuste da carga com a rotina do atleta. Treinar muito ou pouco é subjetivo. Cada um tem uma carga e intensidade de treinos. Eu particularmente gosto muito dos treinos curtos de alta intensidade, por isso em 70% das minhas sessões de treinos faço dessa forma. As outras sessões são de fortalecimento muscular e corridas contínuas.
O ajuste é a parte mais importante é também a mais difícil de se conseguir.

Alimentação: fazer uma dieta baseada na rotina de treinos e no dia a dia de trabalho é de extrema importância. Como eu disse, cada um tem uma rotina, ajuste a sua. Procurar um profissional, de nutrição, de preferência da área esportiva é o ideal.

Próximo das provas: eu sempre monto um questionário de percepção subjetiva de esforço e recuperação (PSEe PSR). Esse grande aliado é uma escala de números que define o grau de cansaço e recuperação que o indivíduo se encontra no momento.
Lembre-se: cavalo cansado não pasta, ou melhor, não corre!!! (risos)

Véspera da prova: hidratação é a palavra chave, não só na véspera, mas em todo o processo, por isso tome muita água e isotônicos para recuperação.

Vale a pena lembrar: procure um profissional qualificado sempre! Ele poderá te ajudar na programação, quantificação, intensidade, carga, volume, e fazer toda a diferença no resultado.

Guto Teixeira – Preparador Físico e Professor do Funcional Saúde.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *